Diploma por competência de Técnico em Radiologia abre portas

Profissionais trabalham em clínicas e hospitais, podendo ter acesso ao CRTR com o diploma por competência

três homens veem resultado de radiografia

 

O Técnico em Radiologia é um profissional importante para o diagnóstico de doenças e traumas. Mas você sabe o porquê? Afinal, ele está por trás de radiografias que são indispensáveis na investigação de enfermidades ou fraturas. Por isso, veja como adentrar neste mercado e ter uma carreira de sucesso.

Primeiramente, o Técnico em Radiologia atua em hospitais e clínicas do serviço público ou privado. Sendo assim, ele deve ter conhecimento prático na área, mas também entender conceitos de anatomia e psicologia.

Afinal de contas, o profissional precisará ter uma noção geral da linguagem médica ao interpretar um pedido de radiografia, além de saber lidar com o lado emocional do paciente, que já vem com problemas de casa por conta da sua condição clínica.

Acima de tudo, o Técnico em Radiologia deve ser um profissional centralizado, organizado e atento às condições dos equipamentos médicos e relatos do paciente.

Devido à sua importância, portanto, o profissional é bastante requisitado nos serviços médicos. A sua remuneração, nesse sentido, gira em torno de R$ 1.230,00 a R$ 2.150,00, conforme o local de trabalho e a região do país.

EPIs

Um detalhe importante, dentro da atuação do Técnico em Radiologia, é que ele está em contato direto com a radiação dos aparelhos, seja de Raio-X, tomografia e ressonância magnética.

Portanto, se diz popularmente que o profissional pode contrair um câncer após muitos anos de profissão. Entretanto, os riscos são os mesmos de uma pessoa qualquer, pois o Técnico em Radiologia trabalha paramentado com todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que são necessários.

História

Nesse sentido, vamos lembrar um pouquinho da história da radiologia? Bom, a história é bastante antiga. Em dezembro de 1895, o alemão Wilhelm Conrad Roentgen colocou a mão da sua esposa Anna no chassi sob a radiação vinda do tubo por 15 minutos. Após isso, ele identificou que era possível ver o interior do corpo humano por meio da técnica. Assim, com o tempo, o procedimento foi aprimorado e cada vez mais usado na Medicina.

Certificação por Competência em Técnico em Radiologia é um processo rápido

Um curso de Técnico em Radiologia dura, em média, um ano e meio a dois anos. Só após esse período, portanto, o aluno obtém seu diploma técnico. No entanto, com a Certificação por Competência, não é preciso fazer o curso. Afinal, o aluno já tem conhecimento prático adquirido ao longo dos anos na profissão.

Nesse sentido, o certificado de competência é exclusivo para pessoas que já têm, no mínimo, dois anos de experiência comprovada na área. A comprovação, portanto, pode se dar por registro em carteira de trabalho ou contrato como prestador de serviço. Confira todos os detalhes para obter o diploma técnico clicando no link.

O mais importante, contudo, é que o Técnico em Radiologia diplomado nesse processo também pode ter acesso ao seu CRTR (Conselho Regional de Técnicos em Radiologia).

Em suma, a profissão de Técnico em Radiologia está em alta devido aos concursos públicos e à abertura de novos centros médicos. Por isso, é importante conhecer a Certificação por Competência, que é amparada pela Lei 9.394/96.

Conheça melhor o processo acessando a página do Técnico em Radiologia do Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP), habilitado para emitir o diploma técnico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *