Técnico em Manutenção Automotiva: como ter o diploma por competência

O Técnico em Manutenção Automotiva pode trabalhar no ramo de prestação de serviços, comércio ou indústria de veículos

técnico em manutenção automotiva com macacão e ferramenta na mão

 

O Técnico em Manutenção Automotiva encontra uma vasta área de trabalho. Portanto, ele pode atuar tanto em oficinas mecânicas, concessionárias e indústria automotiva.

Afinal, a cadeia de produção de veículos é bastante ampla no Brasil. Isso porque nossa frota é formada por cerca de 65,8 milhões de veículos, entre automóveis, motocicletas, ônibus e caminhões. A estatística foi divulgada pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) com base em números dos órgãos de trânsito.

Com esse oceano de motores, peças e equipamentos elétricos para serem produzidos, consertados e instalados, o Técnico em Manutenção Automotiva acaba sendo bastante requisitado.

Certamente, como trata de um bem valioso, o profissional também encontra oportunidades de crescimento na área. Dessa forma, seus salários variam de R$ 1.907,00 (em início de carreira) até R$ 3.520,00, segundo levantamento nos sites de vagas de emprego.

Sendo assim, se o profissional quiser realmente se tornar um técnico deve ter conhecimento de mais algumas áreas correlatas à mecânica, como elétrica, sistemas eletroeletrônicos, instalação de som e iluminação.

Nesse sentido, a profissão exige um perfil profissional bastante proativo, ágil, dinâmico e detalhista. Afinal, um simples detalhe pode definir o funcionamento ou a paralisação de um sistema.

Portanto, veja a seguir como se tornar um Técnico em Manutenção Automotiva e conquistar uma boa posição no mercado de trabalho.

Como usar a experiência a seu favor na obtenção do diploma técnico?

Muitas vezes você já trabalha como Técnico em Manutenção Automotiva, porém, ganha salário de assistente.

Mas isso pode ser mudado com o processo de Certificação por Competência. Ele funciona da seguinte maneira:

  • profissionais com mais de dois anos de experiência podem dar entrada ao pedido;
  • comprovar experiência em carteira ou em contratos de trabalho;
  • encaminhar a documentação solicitada;
  • fazer a prova e ser aprovado;
  • pagar as custas do diploma;
  • receber o diploma e dar entrada do CFT para obter seu registro.

Em síntese, o processo de Certificação por Competência reconhece os anos trabalhados como forma de experiência na função e isenta o profissional de fazer um curso presencial com duração de, pelo menos, dois anos.

O interessante, nesse sentido, é que o diploma é reconhecido no sistema Sistec-MEC, órgão que valida os cursos técnicos no país, e tem o mesmo valor de um diploma obtido através de um curso convencional.

Sendo assim, as principais vantagens do sistema são: agilidade (em 3 meses o processo é concluído), segurança (o diploma é fundamentado na Lei 9.394/96) e aplicabilidade (com o diploma em mãos você aumenta as suas chances de um bom emprego).

Para concluir, a profissão de Técnico em Manutenção Automotiva é valorizada no mercado, possibilita fazer carreira numa empresa já renomada ou ainda permite abrir o próprio negócio.

E, então, este artigo foi útil para você? Que tal conhecer melhor o procedimento da Certificação por Competência para Técnico em Manutenção Automotiva? É só navegar no site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *