Técnico em Mineração: conquiste seu certificado por competência

O técnico está apto a trabalhar nas áreas de pesquisa, extração e tratamento de minérios, podendo atuar diretamente na operação ou conduzindo equipes

lavra com trator em operação

 

Já pensou em se tornar um Técnico em Mineração? O profissional é muito requisitado em mineradoras de todo o país. Isso porque a mão de obra é qualificada e está diretamente ligada à pesquisa, extração e tratamento dos minerais. Sendo assim, conheça melhor esta área do mercado de trabalho e saiba se você pode ter um diploma neste segmento.

Na prática, entre as atividades do técnico estão o auxílio no controle e planejamento da lavra, identificando através de instrumentos tecnológicos a melhor prática de extração do minério, que pode ser tanto o petróleo, quanto o gás natural e até a água.

Há, nesse sentido, uma variedade de segmentos de mineradoras, concentradas principalmente na região Sudeste do país. Elas produzem matéria-prima para indústrias de diversos segmentos e até para os meios de transporte e consumo da maioria da população.

Portanto, o Técnico em Mineração é responsável por identificar a qualidade dos produtos e do beneficiamento, bem como zelar pela manutenção dos equipamentos e a continuidade dos processos.

Mas um detalhe que também cabe ao profissional é a preservação do meio ambiente, já que a atividade é potencialmente poluidora. Portanto, o profissional deve sempre comunicar ao supervisor sempre que perceber alguma falha nos processos ou a atuação de um setor que possa danificar o meio ambiente.

Você se identifica com essa área? Então, continue a leitura deste post.

Áreas de atuação: profissão de Técnico em Mineração é dinâmica

Como você percebeu, o Técnico em Mineração pode encontrar inúmeras oportunidades no mercado de trabalho. Confira algumas delas:

Pesquisa: o Técnico em Mineração utiliza recursos tecnológicos para realizar o mapeamento geológico e colher amostras de minerais e rochas, bem como realiza pesquisas em laboratórios.

Lavra: novamente com o uso de recursos tecnológicos, o profissional identifica os melhores pontos nas lavras para a extração de minérios, acompanhando os processos de perfuração, carregamento e transporte.

Beneficiamento: consiste na classificação e separação dos elementos extraídos das jazidas. O Técnico em Mineração pode atuar em todos os processos, analisando a qualidade da concentração dos minérios.

Geotecnologia: é a área da profissão que está mais ligada ao meio ambiente. Nela, o técnico analisa riscos de alagamento, erosão e outros impactos ambientais da atuação da mineradora.

Sendo assim, como você percebeu, o Técnico em Mineração tem uma atuação ampla e muitas responsabilidades. A remuneração, portanto, deve ser condizente. Em média, os salários partem de R$ 2.389,00 e chegam a R$ 6.018,00, segundo o site Salário BR.

Diploma por competência: veja como ele funciona

Como sugerimos no início do artigo, é possível saber se você pode ser um Técnico em Mineração diplomado. Isso porque muitas pessoas trabalham em outras funções, mas na prática, exercem atividades de técnico.

Entretanto, ficam esperando a melhor oportunidade para fazerem um curso. Mas o fato é que o diploma pode ser obtido através do procedimento de Certificação por Competência, que é reconhecida pela Lei 9.394/96. Saiba mais visitando o nosso site.

Em resumo, a profissão de Técnico em Mineração é bastante próspera, envolvendo grandes empresas que têm planos de cargos e salários que podem elevar seu rendimento e, por consequência, sua qualidade de vida.

Sendo assim, para saber como obter seu diploma como Técnico em Mineração, fale diretamente com um analista do Instituto Brasileiro de Qualificação Profissional (IBQP), que coordena esse processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *